terça-feira, 3 de novembro de 2009

OS CÉUS GOVERNAM A TERRA

OS CÉUS GOVERNAM A TERRA


É importante para nós perceber que, quando nós declaramos o Reino de Deus está vindo, nós estamos liberando o Céu na Terra com nossas palavras. Na verdade, a Bíblia nos diz que temos o poder de vida e morte em nossas línguas (Provérbios 18:21, Tiago 2). A razão pela qual Jesus nos advertiu que seríamos julgados de acordo com as palavras que dizemos é que as nossas palavras fazem uma diferença na vida das pessoas e das circunstâncias, as nossas palavras podem amaldiçoar ou liberar nossa  vida , nossa  familia e o Brasil para trazer bênção.



Recentemente, tenho certeza que você passou por uma circunstância em que havia um impossível dos homens e como você foi tentado como eu também sou a abrir a boca e declarar os impossíveis como impossíveis do homem e não chamar os céus para governarem aquela circunstância. Mas como podemos fazer agora simplesmente aplicar este principio e chamar os céus para terra por uma proclamação simples e levar todos que se encontraram com você a partilhar a transformação. Sem hesitar, declarar: "Mas nós temos o favor divino!".



Então é importante ser lembrado da extremo favor que temos experimentado de Deus através de uma simples declaração nossa.



É importante ter em mente que as nossas palavras, como as de Jesus, têm autoridade. Muitas vezes, Jesus simplesmente falou a uma situação ou circunstância e o céu invadiu e trouxe mudanças. Em Mateus 8:26, Ele falou com a tempestade, e o vento e as ondas pararam. Os discípulos responderam: "Que tipo de homem é esse? Mesmo que os ventos e as ondas lhe obedecem! "



O centurião romano entendeu a autoridade de Jesus, realizada quando ele disse: "Basta dizer a palavra e o meu servo será curado. Jesus declarou: "Vá ! Será feito apenas como você acredita que seria (Mateus 8:5-13). "



Jesus disse ao paralítico, dizendo: "Pegue o teu leito e anda", o que o homem fez e foi curado. Jesus estava fora do túmulo de Lázaro e falou: "Vem para fora í", e Lázaro ressuscitou dos mortos. Nossas palavras (as nossas declarações) criam uma avenida pela qual os recursos do Céu e do poder são liberados.

Precisamos estar atentos para não amaldiçoar tanto o presente como o nosso futuro. Falemos em harmonia com os céus e ele invadirá a terra e os homens verão a gloria de Deus. Examine suas circunstancias, suas falas veja se há necessidade de arrependimento e use este principio de transformação.

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial